IPH - Instituto de Pesquisas Hospitalares MENU Investindo em conhecimento

Acervo Projetos Arquitetônicos

Hospital Geral da Guarnição do Galeão Ministério da Aeronáutica Jarbas Karman

Rio de Janeiro - RJ, Brasil 1967

Vista aerea do Hospital Geral da Guarnicao do Galeao, RJ.

HOSPITAL GERAL DA GUARNIÇÃO DO GALEÃO

Jarbas Karman

 

O Hospital da Aeronáutica foi projetado a partir de uma concorrência pública, quando a Diretoria de Engenharia da Aeronáutica decidiu transformar o que deveria ter sido o Hospital Psiquiátrico do Galeão em um Hospital Geral. 


O projeto de Jarbas Karman foi o único que atendeu o requisito de aproveitamento da área construída nos anos 50. O arquiteto foi contratado em 1966 e concluiu seu projeto em 1967.


A estrutura de concreto armado foi realizada até 1969 quando houve paralisação das obras. Em 1973 o contato com a Aeronáutica foi retomado e após uma série de ajustes no projeto, as obras foram retomadas. O Hospital foi inaugurado em 1981.


A planta do bloco cirúrgico, exibe solução de integração - Centro Obstétrico / Centro Cirúrgico - tal como preconizado na época.


As novas normas do Ministério da Saúde tiveram que vencer resistências, tabus e preconceitos para chegar a integração praticada 25 anos atrás.


Outro preconceito vencido pelo Hospital Galeão, foi a resistência à exibição de dutos. A própria fachada principal do Hospital ostenta, ao longo de toda sua extensão, dutos de avantajados diâmetros.


O Hospitalse compõe basicamente de dois prédios, uma grande lâmina horizontal e uma comprida lâmina vertical de 4 pisos.


Tirando partido da topografia, a lâmina horizontal faz de "split-level" com relação aos 2 pavimentos do 2º prédio; a interligação dos dois edifícios é feita através de rampas motorizadas.


Entre os dois pavimentos de internação situa-se o inter-andar técnico, que mantém relação de nível com o Prédio Principal; os suprimentos procedentes das áreas de Serviços vão ter ao Espaço Intermediário, de Apoio, de onde são distribuídos aos Postos de Enfermagem dos andares de Internação, através de monta-cargas.


O piso "sob-pilotis" foi destinado à área de conforto de pacientes e recreação da Pediatria.


As circulações longitudinais são em número de três; o Eixo privativo do público, o Eixo Interno, para médicos, pessoal e suprimentos, e o Eixo de Serviços (Cozinha, Lavanderia, Almoxarifado, etc.); todos levando ao Prédio de Internação.


Uma característica particular é a localização da Emergência no centro do Prédio, acessível por rampa independente, e diretamente vinculada à Cirurgia e a Imagenologia.


Outro aspecto peculiar é o extenso pergulado que recobre inteiramente toda a construção da lâmina horizontal. Com relação às partes descobertas e ajardinadas atua como para-sol, para proteção necessária contra a intensa insolação local e para as partes cobertas, presentes e das futuras expansões.


O Plano Diretor contempla áreas de expansão, constituindo jardins provisórios ao longo dos Eixos de Circulação.


O pdf disponível para downlad ao final desta página traz uma matéria sobre o Hospital do Galeão publicada na Revista Acrópole de agosto de 1968.


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Como essa página deve ser citada segundo a NBR 6023/2002

Referência: IPH - INSTITUTO DE PESQUISAS HOSPITALARES ARQUITETO JARBAS KARMAN (São Paulo). Hospital Geral da Guarnição do Galeão Ministério da Aeronáutica. 2014. Disponível em: <http://www.iph.org.br/acervo/projetos-arquitetonicos/hospital-geral-da-guarnicao-do-galeao-ministerio-da-aeronautica-222>. Acesso em: 01 jan. 2015.

*Atenção, substituir a data de acesso (01 jan. 2015) pela data real do acesso realizado por você.


Citação com autor incluído no texto: Iph - Instituto de Pesquisas Hospitalares Arquiteto Jarbas Karman (2014)


Citação com autor não incluído no texto: (IPH - INSTITUTO DE PESQUISAS HOSPITALARES ARQUITETO JARBAS KARMAN, 2014)

Compartilhe





Conteúdo Relacionado


Enviar por e-mail: